O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Cabeça d’água atinge bairro de Cantagalo; RJ-160 registra alagamento em Cordeiro

Uma cabeça d’água pegou moradores de surpresa na tarde desta terça-feira (7/12) no bairro São João, em Cantagalo, na Região Serrana do Rio. Uma grande quantidade de água desceu dos morros e um córrego que corta a localidade transbordou. O bairro São João ficou cheio de lama. Um trecho da RJ-160, na altura do bairro Jardim de Alah, em Cordeiro, ficou alagado.

Mais cedo, o Instituto Nacional de Meteorologia havia emitido um alerta de chuvas intensas para cidades da região. Segundo o alerta, pode ocorrer chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia. O alerta é válido para Bom Jardim, Cantagalo, Cordeiro, Duas Barras, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, Trajano de Moraes, Itaocara, Cambuci, Miracema, Aperibé, Pádua e São Fidélis.

A cabeça d’água pode ser entendida como um fenômeno meteorológico causado pelo aumento rápido e repentino do nível de água em um curso hídrico. Ela ocorre quando uma grande quantidade de chuva cai em partes superiores de uma cabeceira ou ao longo de um curso d’água. O mesmo fenômeno foi registrado em Santa Maria Madalena, na segunda-feira (6).

O fenômeno cabeça d’água foi registrado mais uma vez em Santa Maria Madalena, em uma área do Parque Estadual do Desengano. Um vídeo registrado por Nathan no fim da tarde de segunda-feira (6/12), mostra o aumento repentino do nível de água no córrego do Leitão e, consequentemente, na Cachoeira do Escorrega – um ponto turístico da cidade.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia mais