O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Mulheres são presas por exploração sexual e rufianismo na Região dos Lagos

Policiais civis da 123ª Delegacia Legal de Macaé, na Região dos Lagos, prenderam em flagrante, na quinta-feira (19/8), uma mulher que mantinha uma casa de prostituição, onde seis mulheres eram exploradas, garantindo lucro com a atividade. Ela foi autuada por exploração de casa de prostituição e rufianismo.

Segundo os agentes, ela coagia as prostitutas, impondo cobranças pela estadia e alimentação, e também cobrava multas por descumprimento das suas determinações. Algumas das mulheres tiveram seus pertences e documentos retidos, para evitar que deixassem o local.

Além dela, um funcionário do estabelecimento também foi conduzido à delegacia, pois estava em posse de entorpecentes. As investigações prosseguem para apurar outros crimes possivelmente cometidos no local.

São Pedro da Aldeia

No dia 13 de agosto, a Polícia Civil de São Pedro da Aldeia, também na Região dos Lagos, em conjunto com o Procon e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), deflagrou uma operação contra o tráfico de drogas e exploração sexual na cidade.

A ação fiscalizou dois bares e uma casa noturna. Relatos denunciados à polícia apontavam suspeita de tráfico de drogas, exploração sexual e importunação da ordem pública. Em um dos estabelecimentos, os agentes flagraram muita sujeira e equipamentos de cozinha em péssimas condições.

Os dois bares, que funcionam no centro da cidade, foram autuados foram autuados pelo Procon por armazenarem produtos vencidos e sem especificação, além de não possuírem toda a documentação exigida para o exercício da atividade comercial.

Ainda durante as diligências, os agentes estiveram em uma casa de prostituição no bairro Praia Linda, com a Polícia Civil e a Guarda Municipal. A casa noturna, localizada no bairro Praia Linda, não possuía nenhum documento que autorizasse o funcionamento. O estabelecimento foi interditado.

A responsável pela ‘casa das primas’ foi conduzida para a 125 DP e vai responder pelos crimes de exploração sexual e rufianismo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia mais