O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Localidades de Cantagalo prestam homenagem à padroeira Santa Rita de Cássia

A comunidade católica prestou neste sábado (22) homenagens à Santa Rita de Cássia em Cantagalo, na Região Serrana do Rio. A santa é padroeira de três localidades do município: Porto Marinho, Santa Rita da Floresta e Euclidelândia, que antes da pandemia, sempre mantiveram a tradição dos festejos no mês de maio.

Em Porto Marinho, a vice-prefeita de Cantagalo, Manuela Teixeira (Patriota) gravou um vídeo em frente à Capela de Santa Rita que completou 101 anos. O vice-prefeito de Itaocara, Heriberto e sua esposa, também estiveram na localidade, onde acompanharam a na missa do centenário da capela.

Já a comunidade católica dos distritos de Euclidelândia e Santa Rita da Floresta, também não deixaram a data em branco. Missas foram celebradas seguindo protocolos de saúde e a imagem da padroeira Santa Rita da Cássia percorreu as ruas em momento de fé e esperança.

Festejos

As tradicionais festas da padroeira Santa Rita de Cássia, nos distritos de Cantagalo, já não acontecem dois anos consecutivos. Com a pandemia do novo coronavírus instaurada, todos os eventos precisaram ser cancelados visando evitar aglomerações nas cidades. Milhares de pessoas no mundo já morreram devido à Covid-19.

Atração para diversos visitantes e celebrada por toda comunidade local, as tradicionais ‘Festas de Maio’ nos distritos de Santa Rita da Floresta e Euclidelândia, e também na localidade de Porto Marinho, é considerada devoção para os fieis e atração para quem gostava de curtir a parte social e principalmente os shows.

Festa de Maio Santa Rita da Floresta 2016 - YouTube
Parte social da Festa de Maio em Santa Rita da Floresta. (Foto: Divulgação/Internet)

Tradição

Todo dia 22 de maio começa bem cedo para os moradores e peregrinos em Euclidelândia e Santa Rita da Floresta. A alvorada, às 5 da manhã, marca o começo das comemorações e homenagens à Santa Rita de Cássia, a santa das causas impossíveis e padroeira das localidades.

Mas a data, que é um dos feriados oficiais da cidade, começa a ser comemorada dias antes. Costumeiramente, diversas atividades culturais e religiosas faziam reverência à santa. O evento mais importante é a tradicional procissão luminosa no entardecer do dia 22, que reunia milhares de pessoas vindas de várias cidades do Brasil, para homenagear e agradecer a Santa Rita pela intercessão e também para pedir o intermédio dela para alcançar graças.

Homenagem

Em sua rede social, o poeta e escritor cantagalense, José Huguenin, celebrou a data. “Hoje para todo florestense é um dia especial, dia de Santa Rita de Cássia, a padroeira da vila… e não importa sua religião… em qualquer lugar que estejamos nos lembramos da procissão, dos encontros, do abraços… da Festa de Maio! Em 2018 escrevi um poema que falava sobre passar a Festa de Maio longe… hoje, diante do que vivemos, ele pode ser lido e sentido até por quem mora em Floresta” – escreveu ele.

Clique aqui para ler o poema!

Santa Rita

Em 22 de maio, se celebra o Dia de Santa Rita de Cássia, que ficou conhecida como a padroeira das causas impossíveis, a protetora das viúvas e a santa das rosas. Sabe-se que ela nasceu na cidade italiana de Roccaporena, uma espécie de vila localizada a 5 km de Cássia, em 1381, e morreu no dia 22 de maio de 1457.

Localidades de Cantagalo prestam homenagem à padroeira Santa Rita de Cássia

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia mais