O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.
lateral-160×200
lateral-160×200

Violência: Guerra entre facções deixa seis baleados em Miracema

Guerra entre facções deixa seis baleados em Miracema

O clima segue em Miracema por conta de confronto entre facções que disputam a hegemonia na venda de drogas na cidade, que no último domingo (14/3), teve uma adolescente ainda não identificada formalmente, morta com tiros na cabeça e o corpo incendiado. De acordo com fontes, o policiamento foi reforçado, mas no final da noite, foram registrados confrontos armados.

Na madrugada desta segunda-feira (15), militares do 36º BPM, se depararam com um táxi modelo Voyage de cor branca com placa da cidade, na Rua Dr. Monteiro – sentido Morro do Cruzeiro – cujo motorista não obedeceu à ordem de parada, acelerou dando início a perseguição.

Em frente da Creche Berçário, na Rua Alcebíades Mendes Linhares, os três ocupantes do carro, abriram fogo contra três mulheres com idades de 16, 15 e 43 anos e dois homens de 27 e 20, socorridos ao pronto socorro municipal, enquanto que uma 6ª vítima – também homem de idade não confirmada – foi encontrada, ferida na Rua Manoel do Couto Paiva, no bairro Jove, sendo também removida à unidade de saúde.

O ataque seria uma represália por causa do assassinato da menor, que seria natural de Santo Antônio de Pádua, mas que era companheira de um elemento, residente no Morro do Demétrio. Informações da PM ainda dão conta, que ela teria sido usada como “isca”, para atrair um dos chefes do Comando Vermelho até uma emboscada, onde provavelmente seria executado. O plano, no entanto foi descoberto e ela, acabou morta com requintes de crueldade.

Policiais atacados a tiros

As equipes do 36º BPM que chegaram ao local do atentado ao grupo, também foram recebidas a tiros e revidaram com disparos. Nenhum dos agentes ficou ferido, mas  s a lataria de uma das viaturas, chegou a ficar perfurada pela ação dos criminosos, que abandonaram o carro que usavam em frente ao CIEP do Morro do Cruzeiro e se embrenharam a pé em uma área de mata, não sendo localizado, apesar de já identificados. As investigações e diligencias estão realizadas em conjunto pela 137ª DP e a PM.

Da redação da Rádio Natividade

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia mais