CPI pretende investigar concessão de transporte público em Cantagalo

CPI pretende investigar concessão de transporte público em Cantagalo

Moradores de diversas localidades de Cantagalo, na Região Serrana do Rio, tem se manifestado ultimamente nas redes sociais, para mostrarem o descontentamento com o transporte público oferecido pela Expresso Pinto & Palma.

O transporte público no município de Cantagalo está longe de ser um dos melhores oferecidos no interior do estado. A empresa Expresso Pinto & Palma se instala há décadas no município, mas os investimentos na frota são raros. Ônibus que já não deveriam estar em circulação, permanecem até hoje circulando.

Com a problemática se acentuando a cada dia, a Câmara Municipal de Cantagalo pretende abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a situação da concessão de transporte público no município.

A população cantagalense reclama, em geral, pelo sucateamento da frota, tarifas altas em detrimento a comodidade do coletivo, além de transtornos em algumas localidades, cujo os passageiros são obrigados a descer do ônibus para entrarem em outro para prosseguir viagem. Entretanto, os usuários não reclamam dos motoristas e cobradores da empresa.

A maioria dos coletivos não oferecem rampas elevatórias para cadeirantes exigida pelo Decreto Nº 29.896 de 23 de setembro de 2008, que estabelece normas, prazos e procedimentos de veículos para portadores de deficiência. Alguns coletivos que ainda oferecem o serviço, estão com as rampas quebradas.

Conforme o último edital, as regras exigem que os ônibus componentes da frota da empresa Expresso Pinto & Palma não podem ultrapassar dez anos de uso, enquanto que os microônibus não podem ter uso superior a cinco anos, contados do ano de fabricação.

Em 2016, usuários já se mostravam insatisfeitos com o transporte público na cidade. Uma enquete foi feita na época: “Qual sua opinião sobre o transporte público oferecido pela empresa Expresso Pinto e Palma em Cantagalo e Cordeiro?“. Mais de 89% das pessoas votaram que o transporte era considerado ‘Péssimo ou Ruim’.

Foto: Câmara de Cantagalo

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.