Interior do RJ perde o empresário e proprietário rural Virgílio da Bravet

Interior do RJ perde o empresário e proprietário rural Virgílio da Bravet

O empresário e proprietário rural Virgílio Almeida Santos, o Virgílio da Bravet, como é mais conhecido, morreu no município de Cantagalo, na Região Serrana do Rio. A causa da morte não foi informada pelo grupo do Laboratório Bravet. Informações dão conta que Virgílio passou mal por volta das 12h40min desta segunda-feira (9/11), foi encaminhado ao Hospital de Cantagalo e, infelizmente, veio a óbito na unidade.

Sobre Virgílio

Virgílio Almeida Santos, era o proprietário do Laboratório Bravet. Natural do estado de Sergipe, ele adquiriu inúmeras propriedades rurais em Cantagalo há anos. Veio para o município em 1978, através do amigo e médico Erly Bon Cosendey, adquirindo uma fazenda em Campo Alegre, no município de Cantagalo, depois vendida.

bravet

Além de suas fazendas estruturadas, Vigílio da Bravet foi o fundador da Central de Medicamentos Agropecuários LTDA, que compõe o Laboratório Bravet, o grupo de empresas da família Almeida Santos, destinadas a comercializar e produzir toda a linha de medicamentos Bravet, respectivamente.

Hoje, sediada no Engenho Novo – Rio de Janeiro, com filial e estoques em Vinhedo-SP, a CMAP atende à todas as demandas comercias relativas a linha de produtos Bravet no Brasil. Destinando, exclusivamente, seu atendimento comercial à empresas do setor veterinário. Contando com equipe de vendas especializada, que cuida da venda à entrega dos medicamentos, orientando sua empresa em todas as etapas.

Virgílio da Bravet era aposentado e passou a administração do Laboratório Bravet para seus filhos e neto,. Ele amava ficar ficar em Cantagalo, na Fazenda Bravet. Ele adorava falar do sucesso do Laboratório Bravet, que exportava para diversos países do mundo, como Panamá, Bolívia, para a América Latina, e até para a Guatemala.

O fundador do Laboratório Bravet, tinha entorno de 200 funcionários ao seu comando. Muito humilde e receptivo com todos, ele foi o responsável por apoiar inúmeros eventos regionais que enxergava como importantes para o turismo, esporte e desenvolvimento regional.

Trajetória da Bravet

Na década de 60, o Sr. Virgílio Almeida Santos, representante do antigo laboratório veterinário Pró-Campo no estado do Sergipe, muda-se para o Rio de Janeiro, a fim de, auxiliar o Sr. Hans Theodoro Olivett, proprietário, na reestruturação e desenvolvimento do laboratório. Já acionista Pró-Campo, Sr. Virgílio Almeida Santos, assume o controle da empresa. Criando novos produtos, surge uma nova Pró-Campo, marcada neste período, pelo pioneirismo na introdução da primeira vacina de Botulismo, trazida da África e comercializada no Brasil.

bravet 1

Na década de 70, a SCHERING PLOUGH CORPORATION, visando entrar no mercado veterinário brasileiro, adquire das mãos do Sr. Virgílio, o laboratório Pró-Campo. Com visão empreendedora, o Sr. Virgílio assume o controle de outra indústria veterinária, o Laboratório Mercex. Ao final de 1976, passa a se chamar Laboratório Bravet LTDA, associando o BRA de Brasil ao VET de veterinária. Nasceu assim uma empresa totalmente Brasileira. É criado nessa época o Slogan Quem Cria Confia! Expressando a qualidade de seus medicamentos e a credibilidade do produtor na marca.

Em 80, já com as operações Bravet a pleno vapor, novos produtos foram lançados, levando o Laboratório a expandir suas linhas entrando em novos segmentos de mercado. Neste período foram lançados linhas consagradas como: Linha Polivin, (Polivitamínico do Complexo B), Anestésico Bravet (Anestésico Local a base de Lidocaína, assim como o Gasel Solução, a base de Diaceturato Diminazene com Antipirina, para o tratamento da Tristeza Parasitária Bovina, comumente conhecida como Amarelão.

Na década de 90, sempre investindo no mercado Veterinário, o Bravet continua seu desenvolvimento de soluções medicamentosas que atendam em sua completude as necessidades dos produtores. A década de 90 foi marcante nesse desenvolvimento. Foram lançadas a Linha Qunolon, (Antibióticos a base de Enrofloxacina), o Antiinflamatório Dexavet a base de Dexametasona, nas apresentações injetável e comprimidos, levando o Laboratório a participar mais ativamente da realidade e desenvolvimento do mercado Pet.

No ano de 2000, entramos no século 21, um período de amplas mudanças e ampliações do Laboratório. Um período marcado por expansões fabris, reformulação da imagem institucional, com a modernização da logomarca da empresa e novos lançamentos. Começamos este período lançando diversos medicamentos hoje consagrados no mercado, tais como:

Otodermin, (Otológico para cães e gatos), Diclofenaco Sódico Bravet (Antiinflamatório), Ivermectina 1% e Ivertop 3,5%, endectocidas de amplo espectro para o controle dos principais parasitas que acometem a produção pecuária e a linha Ciclorvet, que marca a entrada oficial do Bravet, no combate efetivo aos Carrapatos. O principal parasita causador de prejuízos para a pecuária Nacional. Em muitas novidades que ainda estão por vir.

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.