Moradores de São Fidélis só podem sair às ruas por revezamento de CPF

Empresários e lojistas de São Fidélis pedem reabertura do comércio

A Prefeitura de São Fidélis, no Norte Fluminense, está promovendo um sistema de rodízio de pessoas nos supermercados da cidade por CPF e multa para quem estiver sem máscara em locais públicos, além da proibição de atividades em pontos turísticos, cachoeiras e rios. De acordo com a Prefeitura, pela nova regulamentação, pessoas que tiverem o CPF terminando em número ímpar podem realizar compras em supermercados nos dias ímpares, enquanto quem tiver documento encerrado em número par fará suas compras em dias pares.

O novo decreto foi publicado no Diário Oficial e já está em vigor. Antes da publicação do decreto, o prefeito Amarildo Alcantara já havia adiantado a implementação de barreiras sanitárias nos dois acessos ao Rio do Colégio. Pois p local turístico costuma receber banhistas fidelenses e de outros municípios.

Moradores de São Fidélis só podem sair às ruas por revezamento de CPF

Comércio volta fechar

O prefeito de São Fidélis, Amarildo Alcântara anunciou em vídeo publicado na página da Prefeitura, o novo decreto assinado nesta segunda-feira (20/07). Pois o novo decreto determina a suspensão do atendimento presencial ao público em estabelecimentos comerciais, como lojas, e também em bares, lanchonetes, restaurantes, academias, salões de beleza e barbearias.

De acordo com o decreto, os estabelecimentos deverão manter fechados os acessos do público ao seu interior. As atividades internas, realização de transações por aplicativos, internet, telefone ou outros meios similares, e os serviços de entrega (delivery) estão autorizados. A retirada de produtos no estabelecimento não será permitida.

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.