Nove respiradores comprados pela Prefeitura do Carmo custaram R$ 990 mil

Respiradores comprados pela Prefeitura do Carmo custaram R$ 110 mil

A Prefeitura do Carmo adquiriu nove respiradores da empresa Sheridan Rio Compercio e Serviços Eireli-ME, da cidade de São João de Meriti. no valor total de R$ 990.000,00, conforme a nota fiscal emitida da empresa contra a Municipalidade.

Esta informação circula nas redes sociais como uma bomba, porque o Estado de Minas Gerais acaba de comprar 747 ventiladores pulmonares ao custo de R$ 43,9 milhões. O governador Romeu Zema informa que o Estado vai adquirir mais 300 equipamentos, totalizando 1.047 respiradores. A nova remessa será entregue em maio e foi orçada em R$ 7.291.923,00.

Com isso, o Governo de Minas Gerais irá pagar apenas R$ 58 mil pelos equipamentos. Se compararmos os preços pagos pela Prefeitura de Carmo, é praticamente o dobro do preço que o Governo de Minas está pagando pelos respiradores.

Outro problema ocorreu com os respiradores, pois quando a Prefeitura de Carmo decidiu colocar em funcionamento, apenas quatro funcionaram, e com isso a Municipalidade, entrou na justiça acionando a empresa para colocar os equipamentos para funcionar.

O prefeito do município de Carmo, Cesar Ladeira enviou para a Câmara Municipal de Vereadores pedido de “urgência urgentíssima” no anteprojeto de lei que autoriza a concessão de subvenção social adicional ao Hospital Nossa Senhora do Carmo em razão da Pandemia do Covid-19. A assinatura do pedido, aliás, foi feito em praça pública com a presença de alguns vereadores que apoiam o Governo Municipal atual no último dia 05 de maio.

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.