Witzel cobra resposta imediata do governo federal sobre ajuda a estados

Witzel cobra resposta imediata do governo federal sobre ajuda a estados

Wilson Witzel (PSC), governador do Rio de Janeiro, cobrou o governo federal em seu perfil no Twitter para que haja “uma resposta imediata no socorro aos estados” em meio à pandemia do novo coronavírus.

“Não se pode tratar uma pandemia mundial como um entrave político. Isso é inacreditável. É hora de união. É hora esquecer as diferenças e agir”, disse o governador.

Witzel também criticou a “falta de confiança” que o governo federal tem tido com a ação dos governadores.

“Não é possível que a essa altura do campeonato os governadores e prefeitos continuem a ser vistos como inimigos”, pontuou.

Bolsonaro e governadores

Os governadores, especialmente Witzel e João Doria (PSDB), chefe do executivo paulista, tem protagonizado embates públicos com o governo federal na figura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Enquanto os governadores tem defendido o isolamento social, medida recomendada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) para conter a disseminação da covid-19, Bolsonaro vem pregando a retomada da ‘normalidade’ e da atividade econômica no país.

Ontem, em um ataque indireto via Twitter, Bolsonaro atribuiu indiretamente o aumento do desemprego aos governos estaduais e municipais e suas políticas de isolamento.

“Além do vírus, agora também temos o desemprego, fruto do ‘fecha tudo’ e ‘fica em casa’, ou ainda o ‘TE PRENDO’ (sic)”, disse Bolsonaro, fazendo referência a fala de Doria, que cogitou dar voz de prisão a quem furar o isolamento em São Paulo.

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.