Câmara de Nova Friburgo instala ponto biométrico para atender ao MP

Câmara de Nova Friburgo instala ponto biométrico para atender ao MP

O registro de presença por biometria dos servidores da Câmara Municipal de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, começou oficialmente na sexta-feira (31/01). Todo o controle é feito por um relógio de pontos que estava sendo testado desde o dia 23 de setembro do ano passado.

A ação obedece ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que estabeleceu no dia 1º de fevereiro de 2019 doze metas para corrigir possíveis irregularidades. A ideia do ponto biométrico da Câmara de Nova friburgo é aumentar a transparência no Legislativo, diminuir o quadro de funcionários não concursados e abrir espaço para uma Reforma Administrativa.

Junto com o novo sistema implementado, foi definida a jornada de trabalho dos servidores. A jornada deverá ser de 30 a 40 horas semanais, ou seja, de 6 a 8 horas diárias. Horas extras podem ocorrer desde que sejam previamente justificadas pela chefia imediata, não ultrapassem duas horas da jornada e sejam excepcionais, ou seja, não aconteçam sempre.

Entretanto, funcionários que não estiverem cumprindo a jornada mínima terão descontos proporcionais ao tempo não trabalhado na folha de pagamento.

Segundo a assessoria da casa legislativa, os vereadores e advogados públicos (procuradores e assistentes jurídicos) não serão submetidos ao controle por meio do ponto biométrico da Câmara de Nova Friburgo por conta da natureza de seus cargos.

Atualmente, a Câmara conta com 159 servidores. Mas cinco novos concursados devem preencher as vagas ainda esse ano.

Fonte: G1

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.