Bebê Jaguarundi segue em recuperação após ser resgatada em Cantagalo

Bebê Jaguarundi segue em ótima recuperação após ser regatada em Cantagalo

Há quase um mês noticiamos o resgate da filhote fêmea de Jaguarundi, realizada pelo Corpo de Bombeiros de Cantagalo, em um sítio que fica na localidade Rural do município.

O animal silvestre, também conhecido como gato mourisco (Puma yagouaroundi), estava em um curral, muito acuado e ameaçado por cães do local. Após a captura, foi encaminhado ao consultório veterinário da Dra Joseane Leitão, onde passou por uma avaliação, e se confirmou se tratar de uma fêmea da espécie, que estava debilitada e seguiu internada.

Há quase um mês do resgate do filhote de Jaguarundi, as notícias são promissoras, a fêmea está em ótima recuperação, se alimentando muito bem e recebendo cuidados intensos da Dra Joseane. Com uma dieta balanceada, já dobrou o peso e está pesando quase 1 quilo. Na época do resgate, o animal estava muito desnutrido e com lesões nas patas, pesava cerca de 480g e tinha aproximadamente dois meses de vida.

Outra boa notícia para nossa pequena gatinha mourisca, é que em breve ela poderá ter um novo lar. A Dra Joseane, nos passou em primeira mão, que ela já está em busca de reservas florestais que possam recebê-la futuramente. A intenção é de que ela comece a conviver com outros animais de sua espécie, para assim se adaptar melhor ao ambiente.

A veterinária voltou a dizer que as queimadas prejudicam a fauna, fazendo com que os animais saiam em busca de alimento devido ao desequilíbrio no seu habitat natural, causado pelo homem.

Estamos na torcida, para que em breve esse pequeno serzinho, que é um grande exemplo de garra e superação, nos surpreenda com o seu retorno à natureza.

Ao encontrar um animal silvestre ferido em Cantagalo ou na Região Serrana, tanto na área urbana ou rural, ligue imediatamente para o Corpo de Bombeiros do seu município, através do telefone 193.

A União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) atualmente coloca o jaguarundi (gato mourisco) na categoria “Pouco Preocupante” (Least Concern – LC), mas os pesquisadores não sabem se sua população está estável ou em declínio.

Por Ingrid Joia

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.