Três pessoas foram assassinadas em apenas dez dias em Miracema

Três pessoas foram assassinadas em apenas 10 dias em Miracema

Com uma população ligeiramente maior que a da cidade de Itaocara, Miracema enfrenta há vários anos uma onda de violência que já ceifou a vida de dezenas de pessoas. Somente nos últimos dez dias, três pessoas foram assassinadas.

As recentes vítimas são Higor Lima de Souza, de 23 anos, Willian Gaspar, de 25 anos, e um homem conhecido como “Paizão”. Os crimes ocorreram na Vila Nova e Vila José de Carvalho.

Os bairros mais pobres estão sob domínio de facções criminosas. Mesmo com a ação constante da Polícia Militar e da Polícia Civil nessas localidades, os criminosos não se sentem intimidados.

O Ministério Público do Rio de Janeiro também já apoiou operações nas comunidades da cidade. Em meio aos confrontos em busca da hegemonia do tráfico de drogas, há inocentes que acabam baleados e mortos.

Conforme dados do Instituto de Segurança Publica (ISP), até 2013, Itaocara e Miracema mantinham uma taxa de homicídios parecidas e abaixo da média nacional. A partir de 2014, as cidades cidades experimentaram um assustador crescimento da violência.

A situação voltou ao normal em Itaocara em 2017, mas Miracema ainda vê a taxa de homicídios alta. No ano passado, nove pessoas foram assassinadas em Miracema. No mesmo período, foram quatro homicídios em Itaocara.

Fonte: Folha Itaocarense

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.