Projeto de lei visa proibir radares que não estejam visíveis para motoristas

O uso de radares de velocidade estáticos, móveis ou portáteis, que não estejam visíveis para os motoristas pode ser proibido.

O uso de radares de velocidade estáticos, móveis ou portáteis, que não estejam visíveis para os motoristas pode ser proibido. Um projeto de lei sobre o tema foi aprovado nesta quarta-feira (23/10), na Assembleia Legislativa do Rio.

A medida determina que os equipamentos poderão ser utilizados apenas de forma excepcional, em locais com grande incidência de ocorrências, com placas de sinalização ou com a viatura policial visível.

O texto também estabelece que o Detran publique anualmente uma lista com a receita arrecadada com a cobrança de multas e a destinação do valor.

A proposta segue para o governador Wilson Wizel, que tem 15 dias para sancionar ou vetar.

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.