Procurado pela morte de Chicão da Linguiça, em Cordeiro, é preso no Paraguai

Procurado pela morte de Chicão da Linguiça, em Cordeiro, é preso no Paraguai

Os brasileiros Gustavo de Sant Anna, 29 anos e Hiago Araujo Souza, 23 anos – este último foragido da Justiça brasileira – foram presos nesta terça-feira (20/08) quando tiravam fotos do aparato de segurança que cerca o Palácio do Governo do Paraguai, na capital Assunção.

Para quem não se lembra, Hiago Araujo Souza é um dos acusados de participação do assassinato de Francisco José Wermelinger, conhecido como Chicão da Linguiça, em Cordeiro na Região Serrana do Rio. Chicão da Linguiça foi morto a pauladas dentro própria residência no bairro Jardim de Alah, no dia 15 de fevereiro.

Veja a matéria: Homem é morto a pauladas dentro de casa no Jardim de Alah, em Cordeiro

O veículo Corsa Sedan placa KWW-3375 foi abandonado e queimado numa estrada vicinal de Bonsucesso, zona rural de Cordeiro. Quem encontrou o corpo dentro da residência foi o seu próprio irmão.

Contra Hiago, existem outros três mandados de prisão em aberto por roubo e furto. A prisão foi feita por agentes da Divisão de Investigações Criminais da Policia Nacional, no momento em que ambos tiravam fotos da segurança do presidente Mario Abdo Benítez, em frente ao palácio.

De acordo com o comissária de policia, Felix Ferrari, os brasileiros estavam com licença expedida pela Direção de Imigração Paraguaia com validade de 90 dias. De acordo com o site Última Hora, até o momento não se sabe se a dupla pode ser integrante de alguma facção criminosa.

As autoridades paraguaia solicitaram informações às autoridades brasileiras em relação à situação dos brasileiros investigados a principio, pela polícia paraguaia, por planejar atentado contra alguma autoridade do país vizinho.

A dupla está à disposição dos investigadores da Direção de Imigrações, e, na manhã desta quarta feira (20), deverão ser entregues as autoridades brasileiras após serem expulsos do Paraguai.

Veja também: