Temendo manifestação na Expo Cordeiro, secretário comparece no Manancial

manancial

A 77ª Exposição Agropecuária de Cordeiro pode ser inaugurada sob protestos de moradores do bairro Manancial. Isso porque residentes da localidade estão organizando uma manifestação para a tarde desta quarta-feira (17/07), no mesmo instante da abertura oficial desta edição da Expo Cordeiro.

Visando intermediar e amenizar essa situação, o secretário Geral de Governo da Prefeitura de Cordeiro, Amilton Biti, esteve no Manancial nesta segunda-feira (15/07). Durante a visita, o secretário conversou com moradores e ofereceu explicações sobre as obras realizadas no bairro.

Moradores do bairro Manancial relatam que nos dias de chuva há muita lama, e nos dias de sol muita poeira, prejudicando a saúde e causando diversos transtornos. Eles também relatam que veículos ficam impossibilitados de transitar, assim como ambulância, polícia, correio e até mesmo o caminhão da coleta de lixo. 

cats

Fora isso, moradores contam que a escola está sem funcionamento, quadra de esportes abandonada, posto de saúde em precariedade, além de falta de água no bairro. Residentes temem a não conclusão da pavimentação e drenagem no bairro. 

A obra, orçada em mais de meio milhão de reais – R$ 553.307,61,  teve início no dia 02/01/2019 e têm prazo estipulado para entrega no dia 02/09/2019. Moradores também vão protestar contra os valores da contratação dos shows da Expo Cordeiro 2019.


A Prefeitura de Cordeiro gastará com a Expo 2019 estimado em R$ 1 milhão para todo o custeio do evento, envolvendo shows, parte técnica de julgamentos dos animais que estarão participando dos concursos, rodeios, cachês dos artistas da Tenda Cultural, despesas com limpezas, manutenção e iluminação do Parque Raul Veiga, e outros gastos.


O custo do cachê da dupla sertaneja Zeze di Carmargo e Luciano é de R$ 250mil. Dos artistas sertanejos, Marcos & Belutti e Felipe Araújo custaram R$ 170 mil cada. O sambista Xande de Pilates, o mais barato, foi de R$ 47 mil. E o grupo Jota Quest foi de R$ 117 mil.



O custo total gasto com os cinco cachês dos artistas que se apresentarão no palco principal atinge a importância de R$ 752 mil. Em contrapartida, cada artista local ou regional que participar da Tenda Cultural receberá apenas R$ 100 por apresentação.


Leia também: Programação completa Expo Cordeiro 2019
Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.