Buracos deixam RJ-160 em situação precária e causam riscos para motoristas

Buracos deixam RJ-160 em situação precária e causam riscos para motoristas em Santa Rita da Floresta
A redação do Serra News percorreu toda a RJ-160 neste período de Natal e constatou as inúmeras inadimplências ao longo da rodovia que liga Cordeiro ao município de Carmo, na Região Serrana. São enormes crateras presentes por toda a rodovia, que colocam motoristas em risco de vida. Os condutores de veículos devem ficar atentos nos trechos do antigo Posto Cafundó, na Traquara e na Vila Homero Ecard.
 
A rodovia é de responsabilidade do Departamento de Estada e Rodagens do Rio de Janeiro. São 53 Km de asfalto com muitos buracos, mato alto nas margens e pouca sinalização. A situação é tão alarmante, que o motorista precisa reduzir a velocidade todo instante para evitar que o veículo seja danificado, ou até mesmo, provocar um grave acidente.

 

 

A Prefeitura de Cantagalo até tenta ajudar através de insumos para que o Departamento possa realizar as operações tapa-buracos na RJ-160, mas fica evidente que essas operações já não adiantam. No início de novembro, o Governo do Estado abriu uma licitação visando a restauração de trechos das rodovias RJ-144 e RJ-160, mas até o momento nenhuma empresa foi anunciada.
 
Também no início de novembro, o 23º Posto de Polícia Rodoviária na altura de Santa Rita da Floresta foi inaugurado e, mesmo com todos os problemas alarmantes ao longo da massa asfáltica da pista, o Departamento de Estradas e Rodagens realizou apenas a pintura das faixas em toda a extensão da rodovia, sem tapar os buracos.
 
No mês de abril deste ano, o juiz da Comarca de Cantagalo, Marcio Barenco Correa de Mello, deferiu a tutela de urgência impetrada pelo Ministério Público, para que num prazo de 30 dias, o DER-RJ apresentasse laudo técnico de vistoria e engenharia dos problemas circunstanciados na RJ-160, passando a executar, imediatamente, as obras necessárias a manutenção da segurança viária de todo o trecho (pavimentação, sinalização, limpeza da vegetação, etc). A medida foi válida, mas não cumprida. 
 
O estado da RJ-160 é tão crítico, que moradores já realizaram protestos em datas distintas na rodovia. Em fevereiro deste ano, um jovem de Cantagalo decidiu encenar uma pescaria num dos grandes buracos formados na rodovia RJ-160 em forma de protesto às autoridades. Em janeiro de 2016, dois jovens do distrito de Santa Rita da Floresta também fizeram o protesto inusitado, diante da triste realidade que se encontra o asfalto nesse trecho.
A rodovia já foi tema de diversas discussões entre autoridades, mas sem soluções. Em abril deste ano, a revolta ficou tão grande com o desmazelo do Estado, que a população do distrito de Santa Rita da Floresta pendurou uma faixa de indignação e protesto contra os políticos. A faixa dizia: “Cuidado: Políticos trabalhando! RJ-160 abandonada e perigosa.”
Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.