O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Outono, a estação aconchegante da Serra Fluminense

Para a coluna de hoje, vamos falar da estação que acabou de chegar e que é outono a estação que sucede o do verão e antecede o inverno. Em áreas com climas temperados ou subtropicais, é caracterizada por uma queda gradual da temperatura, as folhas das árvores ficam amarelas e começam a começam a cair, indicando a passagem da estação. Já em áreas tropicais, as mudanças são mais sutis, não havendo alteração drástica na flora. Para nós no hemisfério sul, o outono começa no dia 20 de março e acaba no dia 20 de junho.

É nesta estação que os dias passam a ficar mais curtos e as noites por consequência, mais longas. Podemos ter dias quentes e noites mais amenas para frias, anunciando o inverno.

Para a natureza é a época de preparação para o inverno, onde os animais já passaram pelo período reprodutivo e de acasalamento, as aves que migraram mais para o sul vão embora em busca de regiões mais quentes. Muitas plantas começam a preparação para o momento de descanso, algumas chegando a “murchar ou parecerem mortas”, sendo uma maneira de aguentar o inverno, que vem logo depois.

Apesar das plantas se prepararem para o descanso, essa estação também é conhecida como estação das frutas, tais quais abacate, banana, caqui, coco, figo, goiaba, graviola, kiwi, laranja, limão, maçã, mamão, pera e uva. O outono é conhecido como a estação das frutas, uma vez que muitas espécies, de climas mais temperados e frios, tem o ápice de suas safras nessa época do ano.

Não é uma estação conhecida pelas chuvas intensas, já que a queda de temperatura também influencia. Com isso anuncia belos céus estrelados e limpos a noite e pela manhã podem ocorrer cerrações. Nessa época, o céu noturno pode ser o cenário ideal para astrografia. Apesar disto, no extremo norte das regiões Norte e Nordeste, há o início do período chuvoso, com índices que podem ultrapassar 700 mm.

O outono é uma estação elegante nas regiões de clima temperado, onde o verde predominante da natureza vai lentamente se tornando vermelho-amarronzado, laranja e amarelo, o que também tem sua beleza, e para quem é fotografo, rende altos clicks com essa palheta de cor predominante, além de possuir dias claros e limpos. Nas regiões tropicais, essa mudança de coloração não é acentuada, mas em função da existência de espécies exóticas, típicas de clima temperado, utilizadas em projetos de urbanização, esse cenário pode ocorrer em algumas cidades do sudeste e sul brasileiros.

É durante o outono que ocorre ao que conhecemos como friagem na Amazônia, fenômeno climático que provoca uma queda repentina nas temperaturas na costa oeste do Brasil. Origina-se da massa polar atlântica e entra em território brasileiro no outono.

Para nós da região serrana, é a hora de subir a serra e curtir o friozinho, que ainda está ameno e aproveitar o céu noturno limpo para observação dos astros. E aí, você curte essa estação ou prefere algo mais frio ou calor?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. AceitarLeia mais