O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Macuco registra novas mortes por coronavírus; quatro somente nesta semana

O município de Macuco, na Região Serrana do Rio, registrou novas mortes em decorrência da Covid-19. Segundo os boletins epidemiológicos publicado pela Prefeitura na segunda, terça e quarta-feira (17, 18 e 19 de maio), mais quatro mortes foram registradas.

Na segunda o município havia confirmado uma morte, chegando a 18. Na terça, o número de óbitos desde o início da pandemia subiu para 20 – mais duas novas mortes por Covid-19. Nesta quarta (19), outra morte foi confirmada chegando a 21. A prefeitura não divulgou o sexo e nem idade dos pacientes.

Desde o início da pandemia até hoje, foram confirmados 1.079 casos de Covid-19 em Macuco, sendo que 1.001 macuquenses estão curados, 21 perderam a vida em decorrência da doença, outras 43 pessoas cumprem o isolamento domiciliar e 14 o isolamento hospitalar.

Macuco registra novas mortes por coronavírus; quatro somente nesta semana

Decreto mais rigoroso

O município de Macuco, através do decreto nº1215/2021, adotou medidas restritivas que buscam reduzir qualquer aglomeração na cidade e ressaltou quais serviços serão essenciais. Além disso, a prefeitura destacou quais estabelecimentos ainda poderão funcionar, mas com regras mais rígidas.

A partir da nova norma, ficam proibidas aglomerações e eventos de qualquer natureza, incluindo shows, festas públicas e privadas, feiras e afins. Também está proibido frequentar associações civis e desportivas para atividades de lazer na cidade. Outra medida estabelecida é a suspensão do consumo de bebidas alcoólicas no interior e imediações de qualquer estabelecimento. O uso adequado de máscaras em qualquer espaço segue obrigatório e deve ser observado por cada comerciante.

O novo decreto também estabelece a manutenção de todos os serviços essenciais já conhecidos e mantém funcionando de forma normal o transporte intermunicipal e interestadual de passageiros, bancos e caixas eletrônicos e serviços postais.

Quando o assunto são serviços não essenciais, a prefeitura manteve a atividade da maioria, porém com restrições. Bares e restaurantes, por exemplo, devem funcionar das 8h às 23h, com limitação de pessoas e com ingresso de clientes até às 22h. A entrega de produtos delivery ainda deve ser priorizada. Já mercados, padarias e pequenos estabelecimentos permanecem funcionando, desde que não colaborem para aglomerações.

Por fim, as instituições religiosas da cidade permanecem em funcionamento, mas devem continuar seguindo todas as medidas restritivas e de distanciamento. A prefeitura sugeriu a realização de cultos e missas por plataformas audiovisuais.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia mais