Grupo teatral de Cantagalo é destaque no Museu do Amanhã no RJ

Grupo teatral de Cantagalo é destaque no Museu do Amanhã no RJ
O município de Cantagalo, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, foi convidado pelo Governo do Estado para apresentar os grupos de teatro e dança do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos no Lançamento da Campanha Mundial contra o Trabalho Infantil. A apresentação teve a participação de 11 adolescentes que participam das ações do Cras Santo Antônio, e foi escolhido um musical com o tema: Não ao Trabalho Infantil. O evento aconteceu no dia 12 de junho no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro
 
Com o tema “Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar”, o objetivo da campanha é sensibilizar e motivar uma reflexão da sociedade sobre as consequências do trabalho infantil e a importância de garantir às crianças e aos adolescentes o direito de brincar, estudar e sonhar, vivências que são próprias da infância e que contribuem decisivamente para o seu desenvolvimento.
 
A iniciativa é uma realização do Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e de Proteção ao Trabalhador Adolescente do Rio de Janeiro – FEPETI/RJ –, em parceria com o Acordo de Cooperação para Combate ao Trabalho Infantil no Estado do Rio de Janeiro, o Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil – FNPETI,além de várias outras instituições governamentais e da sociedade civil.
Com foco na problematização do tema e na mobilização dos agentes governamentais e da sociedade civil, o evento teve uma mesa de abertura, composta por autoridades ligadas à causa, uma apresentação de dados sobre o trabalho infantil e, em seguida, o lançamento oficial da campanha. Na parte da tarde, foram realizadas diversas atividades culturais, como oficinas, apresentações de esquetes e atividades recreativas.
 
“Saber que Cantagalo foi o único município do interior do Rio a ser representado neste evento foi uma grande honra. Fiquei muito feliz em ver a alegria destas crianças no palco. Eles emocionaram a platéia”, destacou Vinicius Stael, profissional do Cras e coordenador do Serviço de Convivência de Cantagalo.
 
“A apresentação das crianças neste evento no Rio de Janeiro, foi espetacular. Ver o nervosismo e a ansiedade das crianças, toda aquela empolgação e a sensação de ver as crianças se apresentando foi muito emocionante.No final você ver nos olhos dos alunos aquele brilho de felicidade e aquela vontade de querer mais. Eu como professor fiquei muito feliz por eles, que eles possam se surpreender cada vez mais”, declarou o instrutor de dança, Anderson Domingos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.