Lente Natural: Beija-flor-de-fronte-violeta (Thalurania glaucopis) - Serra News | RJ

Notícias

24 de jun de 2019

Lente Natural: Beija-flor-de-fronte-violeta (Thalurania glaucopis)


Classificação Científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Apodiformes
Família:Trochilidae  (Vigors, 1825)
Subfamília: Trochilinae (Vigors, 1825)
Espécie: Thalurania glaucopis  (Gmelin, 1788)
Nome em Inglês: Violet-capped Woodnymph
Estado de Conservação: Pouco Preocupante

Hoje entraremos no mundo das aves de porte minúsculo  com uma espécie bem comum na Região Serrana do estado do Rio de Janeiro: o beija-flor-de-fronte-violeta. Como o seu nome já evidencia, sua testa é na cor violeta, com o corpo verde brilhante, com tonalidades de azul. A fêmea, é branca-suja por baixo, com a testa e o lado inferior às vezes em tons de canela.

Seu bico negro, que mede cerca de 1,08cm, e sua língua que chega a 4 cm, são ideais para sua dieta que consiste principalmente de néctar das flores. Eles podem  furar o a flor pelo lado de fora, para alcançar sua iguaria. Umas das flores mais apreciadas e a chamada melzinho  (Malvaviscus arboreus penduliflorus/Malvaviscus penduliflorus). Mas também há relatos desta espécies capturando insetos em pleno voo.

Durante o período reprodutivo, o macho realiza voos em torno da fêmea que permanece pousada, exibindo-se para ela. 

Essa espécie de beija-flor costuma habitar em florestas altas, capoeiras e jardins. Dorme empoleirada nos galhos, com o bico pra frente, assemelhando-se a posição de quando canta. Tem bastante necessidade de tomar banho, devido ao constante contatado com o liquido viscoso de sua alimentação, e adora banhar-se na chuva. 

Ocorre da Bahia, Minas gerais, até o Sul, Oeste até o Mato Grosso. Encontrado também no Uruguai, Paraguai e Argentina.

Esta fotografia de capa foi tirada no município de Cordeiro-RJ, onde é bastante avistada. E uma dica que para quem pretende avistá-la, bem como outros beija-flores, é procurar locais de abundância de flores. Costuma ser muito encontrada em flores de Hibisco. 


Esta é uma ave comumente vista em jardins, e uma dica pra quem pretende tê-las como amiga, é preservar flores. Um cuidado é extremamente essencial de ser tomado, em “bebedouros” específicos pra beija-flores e aves, destes que penduramos na varanda: não se deve colocar água com açúcar comum, pois esta faz mal às espécimes. Em caso de optar pelo bebedouro,  deve-se utilizar alimentos próprios. 

Acesse também meu Facebook e Instagram!

Nenhum comentário:

Postar um comentário