Lente Natural: Saíra-sete-cores (Tangara seledon) - Serra News | RJ

Notícias

20 de mai de 2019

Lente Natural: Saíra-sete-cores (Tangara seledon)


Classificação Científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Subordem: Passeri
Parvordem: Passerida
Família: Thraupidae, Cabanis, 1847
Subfamília: Thraupinae,  Cabanis, 1847
Espécie: Tangara seledon (Statius Muller, 1776)
Nome em Inglês: Green-headed Tanager
Estado de Conservação: Pouco Preocupante


Hoje falaremos do mundo colorido da saíra-sete-cores, que possui as cores verde, verde amarelado pálido, verde claras, azul turquesa, preto, turquesa e amarelo alaranjado. Elas medem cerca de 13,5 centímetros de comprimento e pesam cerca de 18 gramas. A fêmea tem a plumagem bastante semelhante a do macho, mas com a coloração menos intensa, aparentando ter as cores mais apagadas. O individuo jovem é muito parecido com a fêmea, mas muito menos colorido do que os adultos. 

Sua alimentação é basicamente frutífera, apreciando os frutos de palmeiras, goiaba, mamão, ameixa, caju e também de frutos silvestres como frutos os de urtiga e hamélia, além de bagas de bromélias. Alimenta-se também de insetos. Costuma frequentar comedouros com frutas em quintais, parques e jardins.

Essa espécie, pode ser encontrada em todos os estratos de Mata Atlântica, e também nas matas mais baixas do litoral (100 a 300 m de altitude), onde é mais frequente. Podemos encontra-lá em pares ou em bandos de até vinte indivíduos. Procuram comida entre 9 e 25 metros acima do chão da Floresta, e também podem procurar em áreas de borda. É uma espécie muito comum no Sudeste brasileiro, mas o registro de sua ocorrência vai da Bahia ao Rio Grande do Sul, sudeste do Paraguai e nordeste da Argentina.

É interessante observar que está ave é muita ativa durante o forrageamento (enquanto come), realizando algumas acrobacias, pulando nos ramos e inclinando-se para baixo para inspecioná-los. Elas manipulam os frutos com o bico, removendo as sementes para poderão alcançar a polpa que é o seu alimento.

A foto de capa, foi realizada no distrito do Arraial do Sana - Macaé-RJ, onde são muito comuns. A foto foi tirada em uma das pousadas locais onde se espalham muitos comedouros, sempre cheios de frutos, pelo jardim.

As saíras-sete-cores são ativas comedores de frutos e importantes no processo de semear a floresta, já que dispersam  muitas sementes pela mata enquanto se alimentam da polpa dos frutos. essa atuação dela é imprescindível para a manutenção de espécies frutíferas nas matas, o que as tornam importantes para preservação, conservação e equilíbrio das florestas.

Acesse também meu Facebook e Instagram!

Um comentário: