2ª Conferência da Cidade comemora 205 anos de Cantagalo

2ª Conferência da Cidade comemora 205 anos de Cantagalo
Mais uma vez, o plenário da Câmara Municipal de Cantagalo estava lotado para a realização da Conferência da Cidade. Já em sua segunda edição, o evento foi realizado no último sábado (09/03), dia em que foi comemorado os 205 anos de emancipação político-administrativa do município. O evento vem se tornando uma tradição em termos de reflexão sobre a História de Cantagalo e região, atraindo grande público.
 
Transmitida ao vivo pelo YouTube, a Conferência teve como tema “As Minas Novas de Cantagalo na documentação do Conselho Ultramarino do século XVIII”. O conferencista, Professor Doutorando Cesar Augusto Ornellas Ramos, brindou os presentes com uma brilhante palestra sobre as inúmeras referências à Cantagalo, datadas do século XVIII, que constam no importante arquivo histórico do “Conselho Ultramarino”, sediado em Portugal. Ao final de sua explanação, e após revelar informações e análises inéditas da História de Cantagalo e de cidades da região, o conferencista Cesar Augusto foi aplaudido de pé pela plateia presente.

 
Outro momento marcante do evento e bastante aclamado pelos presentes foi a cerimônia de entrega do Diploma de Mérito Cultural e Histórico Cantagalense ao desembargador federal, pesquisador e escritor, Dr. Clélio Erthal. De autoria do vereador Professor João Bôsco, a resolução que concede o Diploma ao Dr. Clélio foi aprovada por unanimidade dos vereadores em fevereiro deste ano. Bastante emocionado, o homenageado agradeceu a honraria proposta pela Câmara de Cantagalo por meio do vereador João Bôsco e explicou o processo de modificação da data de comemoração do aniversário de Cantagalo, reafirmando o dia 09 de março como a data de criação do município.
 
2ª Conferência da Cidade comemora 205 anos de Cantagalo
“A emancipação, a criação do município de Cantagalo foi no dia 09 de março de 1814, quando D. João, ainda Príncipe-Regente, assinou o Decreto criando o município de Cantagalo. Até então Cantagalo era um povoado, uma aldeia, pertencente ao extinto município de Santo Antônio de Sá. Há muito tempo vinha se debatendo pela necessidade de correção da nossa história. Dentre os que participaram dessa discussão estão o Professor João Bôsco, o Dr. Henrique Bon, o Professor Gerson Tavares, o Jornal da Região, através do Célio Figueiredo, entre outros”, explica Dr. Clélio Erthal.
 
Organizado pela Câmara Municipal de Cantagalo e pelo Centro de Memória, Pesquisa e Documentação de Cantagalo, nas pessoas da Professora Doutora Sheila de Castro Faria e do Professor Wesley Gonçalves, o evento tem como principal idealizador o vereador cantagalense Professor João Bôsco, que agradeceu a todos pelo apoio na realização da segunda edição da Conferência. “Agradeço ao Presidente da Câmara, Ocimar Pulunga, pelo apoio irrestrito ao projeto; aos vereadores Paulo Henrique Ferreira, Sérgio Campanate, Emanuela Teixeira e aos membros do Executivo que se fizeram presentes; ao Dr. Clélio Erthal, pela prestigiosa participação; ao caloroso público e, em especial, ao Prof. Cesar Augusto Ornellas Ramos, pela brilhante explanação”, disse João Bôsco ao final do evento.
 
POR LAURO HORATO