CEDAE explica causas do desabastecimento de água em bairros de São Fidélis

O diretor regional da CEDAE, Raniere Felisberto e sua equipe técnica, juntamente com o prefeito e presidente da Câmara de São Fidélis, no Norte Fluminense, em reunião nesta quinta-feira (10/01), explicou o porquê do desabastecimento de água em diversos bairros da cidade.

Ele contou que dois problemas ocorreram ao mesmo tempo: defeito em um conjunto moto-bomba na captação de água e outro na estação no morro. Quando questionado pelas autoridades no sentido de soluções que possam evitar esses transtornos, Raniere informou que já está em São Fidélis uma bomba nova de reserva e que os quatro conjuntos de bombas foram recuperados.

A CEDAE ainda informa que a potência da bomba que atende São Vicente e Chatuba foi aumentada e que na segunda-feira (14) será concluído um novo sistema que interliga duas redes, próximo a estação de transbordo na Vila dos Coroados. Essa mudança aumentará a pressão d’agua no Santa Terezinha e bairros vizinhos, e também no bairro próximo ao Rancho Coroados.


Na última terça (8), o PROCON de São Fidélis pediu explicações ao órgão sobre a falta no abastecimento de água em bairros da cidade. Moradores de algumas localidades altas ficaram sem o abastecimento de água por diversos dias em pleno calor extremo do verão.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.