Brasil verá o mais longo eclipse lunar do século nesta sexta (27)

Foto: Divulgação
O eclipse lunar total do fim de julho está sendo muito aguardado pelos astrônomos do mundo, porque será o mais longo eclipse do século XXI. A duração total será de 103 minutos e será visível em muitas áreas do planeta, inclusive em grande parte do Brasil

Atenção! O eclipse lunar poderá ser apreciado ao anoitecer de 27 de julho de 2018, quando a Lua cheia estiver surgindo no horizonte, se as nuvens deixarem.

A Lua cheia vai perder seu brilho natural quando passar pela sombra feita pelo planeta Terra. No eclipse lunar, a Terra fica entre o Sol e a Lua. O eclipse lunar total ocorre no período em que a Lua fica imersa na umbra, que é a região de sombra feita pela Terra.

Nas zonas de penumbra, temos o eclipse penumbral, quando a Lua cheia fica com um aspecto opaco. Neste tipo de eclipse, a lua cheia perde um pouco do seu intenso brilho, como se alguém colocasse um filtro na frente do disco lunar, uma espécie de insulfilm. O filtro na verdade é a penumbra provocada pela Terra. A passagem da Lua cheia pela penumbra da Terra é chamada eclipse lunar penumbral.

Todo o Brasil poderá ver este eclipse lunar total lunar de 27/28 de julho de 2018, mas não em sua totalidade, com todas as suas fases. Quanto mais próximo do litoral leste do país (costa leste do Nordeste, áreas próximas ao litoral do Sudeste e do Sul, maior será o tempo de visualização do fenômeno.

Não precisa de equipamento

Você não vai precisar de nenhum equipamento especial para ver o eclipse lunar total, apenas dos seus olhos e de um tanto de paciência. Eclipses lunares podem ser observados a olho nu, mas se você tiver um binóculo, de preferência um especial para a observação astronômica, ou uma câmera fotográfica digital terá uma visão privilegiada.

Importante: No período do eclipse penumbral, mesmo que o céu esteja sem nuvens, se você estiver num centro urbano, onde há muita luz artificial que produz o que os astrônomos chamam de “poluição luminosa”, a visualização do eclipse não será boa quanto num lugar escuro, com pouca luz artificial . Mas se você for, por exemplo, para uma estrada onde já não tenha mais os postes de iluminação pública, já estará num local suficientemente escuro para ter uma visão mais nítida do eclipse. Então, a dica é: saia da cidade, vá para o campo, em lugares escuros.

Veja também: