Petrobras aumenta os preços da gasolina e do diesel nas refinarias



A Petrobras anunciou reajuste nos valores da gasolina e diesel vendidos em suas refinarias, a partir desta sexta-feira (18/05). A gasolina terá reajuste de 1,80%, passando de R$ 2,0046 para R$ 2,0407, o litro. Já o diesel, aumenta 0,95%, subindo de R$ 2,3082 para R$ 2,3302.

É o quarto reajuste de preços aplicado pela companhia somente nesta semana. No dia 15/05, os preços na refinaria eram de R$ 1,9330, para a gasolina e R$ R$ 2,2236, no diesel. Desde então, a Petrobras subiu os valores diariamente. Considerando o valor que passa a ser praticado no próximo dia 18/05, os dois combustíveis tiveram aumento de R$ 0,10 em quatro dias.

De acordo com a Petrobras, a política de preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo.

Já o valor pago pelo consumidor final não está sob gestão da Petrobras e é composto por 4 fatores: Preços do produtor ou importador de gasolina “A”; Carga tributária; Custo do etanol obrigatório e Margens da distribuição e revenda.

Impacto no preço cobrado nos postos

Na semana passada, o preço médio da gasolina nos postos do país atingiu novas máximas no ano, segundo pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O preço médio do litro de gasolina para os consumidores ficou em R$ 4,257, ante R$ 4,225 na semana anterior, o que corresponde a uma alta de 0,76%. Na última pesquisa, havia recuado 0,02%.

Com o novo aumento, a gasolina acumula alta de 3,85% desde o início do ano, e avança 21,28% desde que a Petrobras iniciou sua nova política de preços, em julho do ano passado.

Veja também: