Após ameaças de briga entre facções, PM reforça segurança em Miracema

Foto: Divulgação/Jornal Dois Estados
Os miracemenses temem uma onda de violência na pequena cidade do Noroeste Fluminense diante os áudios espalhados pelo WhatsApp e publicações de traficantes compartilhadas no Facebook nos últimos dias. Para aumentar ainda mais a sensação de insegurança, quatro pessoas foram baleadas nesta semana em Miracema, sendo três apenas na quarta-feira (02/05). Um jovem de 20 anos não resistiu aos ferimentos e faleceu.

O 36º Batalhão de Polícia Militar de Santo Antônio de Pádua, que abrange o município, iniciou uma operação para garantir a segurança pública e a ordem em Miracema. Nesta sexta (04/05) o batalhão recebeu o apoio do 29º BPM, de Itaperuna.

Os policiais militares têm realizado patrulhamentos e operações em pontos estratégicos da cidade, revistando veículos e moradores e acompanhando de perto qualquer manifestação que contrarie os preceitos da ordem, informou o 36º BPM. As ações em Miracema não têm hora para terminar.

O 36º BPM pediu o apoio da população, para denunciar movimentações suspeitas e esconderijos de drogas. As denúncias ao 36º BPM podem ser feitas pelo 190, pelo telefone da 3ª Cia (22) 3852-0783, pelo Disk Denúncia do 36ºBPM (22) 3853-3515, pelo telefone do Disk Denúncia do Noroeste (22) 3822-1177, ou ainda pelo WhatsApp (22) 99860-1177. O morador não precisa se identificar.

REDAÇÃO: FOLHA ITAOCARENSE