Técnica do asfalto borracha é ampliada no Noroeste Fluminense

Foto: Divulgação
Implantado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) desde 2011 em obras de estradas fluminenses, o asfalto borracha está sendo utilizado na restauração de mais duas rodovias do estado. As intervenções nas RJ-145 e RJ-186 (apenas na camada final) fazem uso do produto.

A obra na RJ-186 – que compreende um trecho de 102 km entre o distrito paduano de São Pedro de Alcântara e Bom Jesus do Itabapoana, na divisa entre Rio de Janeiro e Espírito Santo – terá, além da pavimentação, construção de acostamento, terceira faixa e alargamento.

Novos projetos

Em março do ano passado, equipes do DER-RJ estiveram com especialistas estrangeiros para discutir novos projetos, normas de regulamentação, dispositivos de segurança e o aprimoramento do asfalto borracha, incluindo a apresentação de novas misturas e tecnologias de fabricação do produto.

A primeira rodovia estadual a receber o asfalto borracha foi a RJ-122, no trecho de 36 km entre Cachoeiras de Macacu e Guapimirim, em 2011. Além da RJ-122, outras obras em estradas receberam a aplicação do asfalto borracha, entre elas a RJ-220, entre Itaperuna e Natividade.

Por Seylor Ornellas

Veja também: